sábado, 21 de abril de 2018

DEPUTADO FÁBIO BRAGA FALA DA SUZANO.
Nesta quinta-feira (19), o deputado Fábio Braga (SD) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para expor suas considerações sobre a atuação da Suzano Papel e Celulose na unidade de Imperatriz. Segundo o deputado, apesar da empresa ser importante na geração de renda e no crescimento econômico da região, é preciso haver uma preocupação maior com a questão ambiental.

“Nós temos sempre que ficar atentos com essas questões ambientais. A empresa Suzano apresentou todo um plano e um projeto socioambiental de proteção e fortalecimento produtivo e da questão da preservação ambiental e sabemos da importância de seus investimentos na geração de emprego e geração de impostos no Estado do Maranhão”, destacou o deputado Fábio Braga, que participou de uma reunião com representantes da Suzano onde foi explanado o projeto socioambiental de proteção e fortalecimento produtivo e a preservação ambiental por parte da empresa.

Fábio Braga também pontuou sobre a preservação das estradas que dão acesso à empresa, uma vez que há um desgaste maior dessas áreas e mais riscos de acidentes por conta da constante circulação de caminhões. “A circulação desses caminhões faz com que a trafegabilidade fique prejudicada em alguns trechos de estradas que ligam à Imperatriz, ocasionando sempre problemas para as comunidades que vivem, residem e precisam se deslocar na região”, falou o deputado.

Durante a reunião – que também contou com as presenças do presidente Othelino Neto, Edivaldo Holanda, Max Barros, Edilázio Júnior, Francisca Primo, Léo Cunha, Marco Aurélio, Sérgio Vieira e vários outros deputados – foram feitos diversos questionamentos aos representantes da Suzano sobre a atuação da fábrica e investimento em programas sociais.

“Os representantes da Suzano têm que ter preocupação em saber que os investimentos feitos nas regiões de Imperatriz e do Baixo Parnaíba, nas cidades de Urbano Santos, São Benedito e Chapadinha podem ser melhorados a partir do momento que sejam observados princípios básicos para que proteja o meio ambiente e as comunidades que vivem em torno das fábricas e das plantações”, acentuou Fábio Braga.

Investimentos

Em menos de três anos a Suzano inaugurou uma fábrica na cidade de Imperatriz, com investimentos na ordem de três bilhões de dólares, incluindo centros e fábricas, com a produção de unidades florestais na região para abastecer essas fábricas. Fábio Braga enfatizou que as explanações feitas pelos representantes da empresa mostram que a fábrica é uma das mais modernas do mundo, gerando emprego e renda para a região de Imperatriz
e Açailândia.

Apesar disso, Fábio Braga afirma que para a atuação da Suzano ser melhor para todos, é preciso haver uma preocupação com povos que vivem naquela região e preocupação dos governantes locais para beneficiar as comunidades que vivem à margem dessas unidades florestais da Suzano.

“Com esse investimento, a Suzano tenta compensar com programas sociais que, desde 2010, têm sido implantados principalmente nas regiões de Imperatriz e do Baixo Parnaíba. Mas, apesar de todo esse investimento, geração de emprego para mais de 7.000 pessoas e pagamento de impostos, a Suzano precisa investir mais em cuidar não só do meio ambiente, como das pessoas que vivem naquela região, protegendo as florestas e a comunidade”, finalizou o deputado.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração