domingo, 18 de março de 2018

A mulher admitiu aos agentes policiais que toma remédios controlados e sofre transtorno mental.


A acusada foi conduzida para a Delegacia de Homicídios. (Foto: Divulgação)

Uma mulher identificada como Carla Regina Mendes, de 23 anos, foi conduzida para a Delegacia de Homicídios após atirar o seu próprio filho, um bebê de apenas sete meses, da ponte Governador José Sarney, também conhecida como ponte do São Francisco, na capital maranhense. O caso aconteceu na tarde deste domingo (18) e a criança foi resgatada por meio de uma ação da equipe do Polícia Militar, em seguida foi encaminhada para o Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I.

O bebê está sendo acompanhado por uma equipe médica neste momento e o quadro de saúde foi considerado estável, de acordo com as informações do hospital. A mãe informou durante seu depoimento que sofre transtorno mental e que toma remédio controlado.

G1 Maranhão

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog