quinta-feira, 29 de março de 2018
Imagem do Portal Até Hoje

Um caso do tempo da velha guarda foi registrado na cidade de Mirinzal ontem (28). O diretor da UEB Duque de Caxias, identificado como William Ferreira, recentemente nomeado pelo prefeito Jadilson, recolheu uma série de celulares de estudantes e se recusou a devolver aos pais, quando procurado.

O fato teria acontecido enquanto os estudantes fotografavam algumas apresentações escolares e o gestor da Unidade de Ensino teria flagrado os estudantes e recolhido seus dispositivos móveis, informando que só devolveria se fosse a seus responsáveis.

Só que não foi o que ele fez!

“Meu marido foi com minha filha lá à tarde para receber o celular e o diretor disse que não devolveria celular nenhum. Se quisesse, que fossem receber só na próxima segunda-feira (02), e não devolveu. Eu acho isso muito errado porque, mesmo que eu concorde que ele devesse recolher por usarem na sala de aula, ele deveria também devolver ao responsável e não agir como um ditador”, disse Inailze Santos, mãe de uma estudante nessa situação.

Inailze disse que entrou em contato com a secretária municipal da Educação, Concita Cuba, para reclamar do problema, mas ela não respondeu aos contatos. “Eu votei no prefeito mas fiquei tão chateada com essa situação autoritária que tive que procurar o blog para contar”, completou.

Crime

Nos termos jurídicos, a postura do gestor escolar é considerada criminosa. Segundo o artigo 168 do Código Penal, o atitude é considerada Apropriação indébita que consiste no apoderamento de coisa alheia móvel, sem o consentimento do proprietário. O criminoso recebe o bem por empréstimo ou em confiança, e passa a agir como se fosse o dono.

O crime pode ser confundido com o crime de furto, mas a principal diferença é que no furto, a intenção de apropriação da coisa é anterior à sua obtenção, na apropriação indébita, o agente tem acesso ao bem de forma legal, mas depois que recebe o bem, resolve apoderar-se do mesmo ilicitamente, ou seja, a pessoa deixa de entregar ou devolver ao seu legítimo dono.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog