quarta-feira, 14 de março de 2018


O governador Flávio Dino, o reitor da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Gustavo Pereira, e prefeitos de 16 municípios maranhenses assinaram nesta quarta-feira (14), no Palácio dos Leões, o termo de cooperação que vai ampliar o Programa Ensinar. Desde o ano passado, a ação tem levado cursos de licenciatura para formação de professores no estado.

De acordo com o governador Flávio Dino, a iniciativa é mais uma que coaduna com as outras ações voltadas para melhoria dos índices educacionais do estado. 
“Nós temos feito um grande investimento no Escola Digna, que não é só um programa de obras, é um programa de qualidade da educação para que haja mais qualidade na educação”, afirmou. 

Em 2017, 12 municípios foram contemplados com as licenciaturas oferecidas pelo programa da Universidade. Agora, com cursos de Matemática, Letras, Pedagogia, Física, Química, Geografia, Biologia e Ciências Sociais, serão 3.148 alunos em 28 municípios no estado. 

Atualmente, o Maranhão é o estado que tem o maior salário para professores do país e segundo Flávio Dino, a valorização também passa pela qualificação. 

“Nós sabemos que isso transita pela valorização dos profissionais que materializa um reconhecimento de direitos mas também materializa fundamentalmente nas atividades de formação, para que a formação dos nossos estudantes seja cada vez melhor”, completou. 

Além do Programa Ensinar, com o Escola Digna e o Mais Educação, mais de 50 professores das redes estadual e municipais também tem sido qualificados em todo o Maranhão. 

O reitor Gustavo Pereira falou do compromisso da Uema com a melhoria da Educação Básica do estado. 

“Temos um compromisso ético com a educação básica do Estado do Maranhão, por isso, para nós, a implantação da segunda etapa além de ser um grande desafio em que contamos com o apoio do Governo do Estado, é também a missão da Uema colaborar com isso”, afirmou o reitor. 

Dessa vez, os municípios para os quais o programa será expandido são Anajatuba, Arari, Icatu, Loreto, Paraibano, Pedreiras, Pinheiro, Pirapemas, Presidente Sarney, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Rita, Turiaçu, Viana, Vitória do Mearim e Zé Doca.

Oportunidade 

Em Anajatuba, o prefeito Sydney Pereira afirmou que a procura vai ser grande pelos cursos: “Já temos mais de 1000 inscritos e com certeza é o maior avanço em educação que já recebemos no nosso município e em breve vamos ter também o IEMA que vai ser muito bom para toda a população”. 

A prefeita e também professora de Presidente Sarney, Valéria Castro, destacou que a oportunidade oferecida pelo Governo do Estado e Uema chegaram no momento ideal, em que o município também busca a melhoria dos índices educacionais.

“Há muito tempo nós não tínhamos essa oportunidade de ter a Universidade no nosso município e nós buscamos isso, ficamos felizes que está dando tudo certo e com certeza vai ser muito exitosa”, completou. 

Aluna de Pedagogia em Itapecuru, município contemplado em 2017, Cleonice Quaresma participou da solenidade realizada no Palácio dos Leões e contou como a iniciativa foi uma oportunidade em sua vida: “Eu não teria como fazer uma faculdade, não teria condições de pagar e agora me vejo sendo pedagoga”, declarou. 

O público alvo do programa serão professores das redes de ensino que não tenham a formação superior, além de egressos do Ensino Médio e da comunidade em geral. O processo seletivo será realizado no primeiro semestre e as aulas começam no segundo semestre de 2018.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração