sábado, 10 de março de 2018


“Agora posso crescer”, diz Marcone Pinto Nina de Sousa, 22 anos, que com a ajuda do Cartão Transporte Universitário percorre, todos os dias, de São Mateus a São Luís, cerca de 170 quilômetros, para poder cursar Direito em uma faculdade da capital. 

O cartão, iniciativa do Governo do Estado por meio das Secretarias de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv) e de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), oferece um auxílio semestral de R$ 800 para custear passagens de quem precisa atravessar mais de 100 quilômetros por dia para estudar. 

Morador do bairro Veloso, a três quilômetros da sede de São Mateus, onde mora com a família, que se sustenta com um pequeno comércio, Marcone pega estrada às 5h para estar em sala de aula às 8h30. Às 11h30, o estudante volta para a casa.

Entre ida e volta, são cinco horas diárias de traslado cuja recompensa é a perspectiva de um futuro melhor. O benefício estadual com transporte complementa os programas federais ProUni e FIES, que financiam as mensalidades do curso, tornando possível o sonho da formação superior. 

Facilidades que o irmão mais velho de Marcone não teve, por exemplo, para a conquista do diploma em Administração, cursado na cidade vizinha Bacabal, há cerca de 10 anos. “Era mais difícil, meu pai tinha um alto gasto com transporte”, lembra. 

“Sem o cartão, eu poderia faltar diversos dias por causa da falta de dinheiro para pagar as passagens”, conta Marcone, que está no sétimo período de Direito. “Agora, com o cartão, diminuiu o alto custo que a minha família tinha com transporte e posso comprar livros, investir em outras coisas com relação ao meu curso”, diz o estudante, beneficiário do Cartão Universitário desde 2017. 

“Nunca imaginei receber um auxílio como esse. Graças ao governador, que teve a iniciativa de fazer esse programa, ficou muito melhor. Ajuda muito a mim e a minha família”, declara o futuro Bacharel em Direito, que deseja vida longa ao programa estadual. “O programa tem que continuar. Além de mim, tem outras pessoas que precisam ser auxiliadas, que também necessitam do dinheiro”, diz Marcone. 

Sobre o benefício

O Cartão Transporte Universitário beneficia 1 mil estudantes com o auxílio-transporte no semestre 2018.1. Deste total, foram reservadas 50 bolsas para alunos do Instituto Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (IEMA), conforme a Lei Nº 10691, que instituiu o programa estadual em 2017.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog