sábado, 24 de fevereiro de 2018



Um dia para ficar na memória de 150 crianças e adolescentes dos bairros da Liberdade, Fé em Deus e da escola Liceu Maranhense. Os pequenos sorriram, brincaram e conheceram seus direitos, nesta sexta-feira (23), durante a realização dos Cidadão Mirim e Jovem Cidadão proporcionado, a partir de uma mobilização que começou nas redes sociais, e garantiu à criançada e aos jovens, uma sessão gratuita de cinema para assistir ao filme Pantera Negra.

Enme Paixão, fundador do projeto Baddest, que visa o protagonismo negro e LGBT no Maranhão, provocou um dos cinemas de São Luís a fechar uma sala com crianças do seu bairro para uma sessão do Pantera Negra. O PROCON/MA viabilizou essa oportunidade e garantiu o acesso a emissão de documentos e orientação sobre direitos do consumidor.


Para o presidente do VIVA/PROCON, Duarte Júnior, esta é uma iniciativa, realizada pelo órgão para garantir um direito que é Constitucional. “Mais uma etapa dos Projetos Cidadão Mirim e Jovem Cidadão, desta vez, com um sabor especial, pois estamos trazendo alunos do Liceu Maranhense, além de crianças e jovens da Liberdade, e Fé em Deus, que fazem parte de um movimento de empoderamento e representatividade negra, para assistirem o filme Pantera Negra, graças a uma mobilização realizada nas redes sociais, demonstrando que quando o Estado e a sociedade civil organizada unem se torna possível a garantia de direitos.”, disse.

O fundador do projeto Baddest, Enme Paixão, reforçou a importância de garantir o acesso à cidadania. “O que está acontecendo hoje aqui é um marco, não só no Maranhão, mas no Brasil inteiro estou extremamente feliz e emocionado, jamais imaginei que fosse conseguir proporcionar isso às pessoas da minha comunidade e que assim como eu, não tiveram a oportunidade de ir ao cinema na infância,” explicou.


A estudante Isabella Andreza, de 16 anos, fala da importância do acesso à documentação e do filme com um elenco predominantemente negro. “O documento é essencial para cada cidadão, principalmente para o negro, que sofre com o racismo e o filme veio para mostrar esse empoderamento, que o negro tem na sociedade e que podemos vencer todas as barreiras e dificuldades,” garantiu.

O Filme

“Pantera Negra”, uma adaptação das aventuras do primeiro super-herói negro criado pela Marvel em 1966. O filme conta a história do luta do rei T’Challa para defender sua nação Wakanda, a mais avançada do universo Marvel.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog