sábado, 3 de fevereiro de 2018
Prefeito de Turiaçu e empresários já respondem na Justiça em outros processos relacionados a um mega esquema de R$ 15,6 milhões

A Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) abriu nova investigação, com foco penal, contra o prefeito de Turiaçu, Joaquim Umbelino Ribeiro (PV). O Procedimento Investigatório Criminal tem por base suspeitas de fraude em pelo menos dois pregões realizados pela administração municipal.

O BLOG não conseguiu entrar em contato com Umbelino. A prefeitura municipal sequer possui um site no ar.

De acordo com o procedimento, aberto no último dia 29 pelo promotor de Justiça Cláudio Rebêlo Alencar, integrante da Assessoria Especial da PGJ, Umbelino deve ser imediatamente oficializado para prestar informações a respeito das investigações.

Cópias de processos de pagamentos a pelo menos duas empresas, Maria Léda de Jesus Sousa-ME e F. de Sousa Melo-ME, estão dentre as requisições feitas pelo Parquet.

Ainda nas investigações, os sócios-proprietários das respectivas empresas, Maria Leda de Jesus Sousa e Felipe de Sousa Melo, foram convocados à inquirição, pela Assessoria Especial da PGJ, no próximo dia 26, na condição de testemunhas. Ambos, juntamente com Umbelino, já respondem na Justiça em outros processos relacionados a um megaesquema de corrupção em Turiaçu, que teria causado danos aos cofres públicos em mais de R$ 15,6 milhões.

O prazo para a conclusão das investigações no âmbito do novo PIC instaurado pela PGJ é de 90 dias.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog