quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018


O deputado estadual Raimundo Cutrim (PCdoB) fez um desabafo na sessão plenária desta quarta-feira, 07, para reclamar do modus operandi de fazer política dos secretários que irão concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa, nas eleições de outubro.

Em aparte ao discurso de Cutrim, Eduardo Braide (PMN) convidou o colega de parlamento para integrar o seu possível projeto ao governo do Estado, que está inserido no laranjal da oligarquia Sarney. 

O deputado comunista ignorou solenemente o convite feito por Braide e enfatizou: “sou aliado de primeira hora do governador Flávio Dino”.

Cutrim reforçou também que “não voltarei nunca mais” a integrar o campo sarneyzista. Ele citou ainda que a perseguição sofrida pelo clã vitimou inclusive seu filho, morto no ano de 2013.

O oportunismo de Eduardo Braide ficou ainda mais evidente após esse episódio. Mas nem todo mundo troca de lado como troca de roupa que nem ele.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog