sábado, 24 de fevereiro de 2018




Moradia digna para viver. Foi o que proporcionou o Governo do Estado com a entrega de casas a dezenas famílias do povoado Taboca, no município de Aldeias Altas. A cidade é umas das contempladas com as ações do Dia D Mais IDH, realizado pelo Governo do Estado, neste sábado (24). As unidades habitacionais integram o programa Minha Casa Meu Maranhão, coordenado pela Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid).

Secretários de Estado e técnicos de programa estaduais visitaram 10 municípios do interior do Maranhão. O evento garantiu atendimentos de saúde, cidadania, educação, infraestrutura e uma série de melhorias com a entrega de obras em centenas de comunidades. O Plano Mais IDH contempla os 30 municípios mais carentes do Maranhão com fins a garantir igualdade social e qualidade de vida a todos os maranhenses.

Cerca de 30 famílias foram beneficiadas com a entrega das residências em Aldeias Altas. O Minha Casa Meu Maranhão é um plano de habitação com foco nas áreas rurais dos municípios do interior do estado e alcança dez cidades, totalizando mil famílias - aproximadamente 3,8 mil pessoas. 

“A importância desse momento se dá pela consolidação de um programa referência das ações sociais e de cidadania do Governo do Estado para as comunidades mais carentes. O Mais IDH e tudo que agrega só reforça o compromisso do governador Flávio Dino com um governo de todos e para todos os maranhenses”, enfatizou o secretário de Estado de Comunicação Social e Articulação Política (Secap), Márcio Jerry, que coordenou as ações no município.

“São importantes entregas para o Plano Mais IDH, marca do governo Flávio Dino e que tem sido conduzido com muita seriedade. É uma ação que pontua positivamente para os indicadores de saúde e do IDH desta região”, destaca a titular da Secid, Flávia Alexandrina. Além de Aldeias Altas, as cidades de Belágua, Lagoa Grande, Satubinha, Conceição de Lago Açu e Araioses estão na lista de contempladas. A cidade contou ainda com atendimentos da Força Estadual de Saúde (Fesma) e entrega de insumos a comunidades agrícolas.

Em Belágua, o Governo entregou as novas instalações do Centro de Ensino Desembargador Emésio Araújo e do Farol do Saber Diego Granjeiro, como parte do programa Escola Digna. Os prédios foram totalmente recuperados com investimentos de mais de R$ 220 mil. Os serviços melhoraram a rede elétrica e hidráulica, pisos, revestimentos, pintura, cobertura, forro, salas de aula e banheiros. As unidades também foram climatizadas. O Centro de Ensino atende 340 alunos de ensino médio, nos três turnos; já o Farol do Saber vai abrigar uma biblioteca e servirá como centro cultural.

O secretário de Estado de Educação (Seduc), Felipe Camarão destacou que ações como o Sim, Eu Posso!, destaque na Organização das Nações Unidas (ONU); o programa Escola Digna, que além da construção de escolas, oferta assessoria técnico-pedagógica; além do programa Avança, que regulariza o fluxo idade/série são pilares da atual gestão. “São iniciativas que levaram o governador Flávio Dino a ser reconhecido nacionalmente como o melhor do país. Todas estas ações estão em Belágua”, lembrou o gestor.

O prefeito do município, Herlon Costa, destacou o olhar sensível do Governo às regiões mais carentes. “Para nós, é muito importante essa parceria, pois, sem esse apoio, não teríamos como realizar tantas benfeitorias. O Governo do Estado vem nos ajudando muito para que possamos garantir mais condições de vida à nossa população, que muito precisa”, disse.

“O projeto é muito bom e realmente traz melhoria para a gente. Com essa ajuda eu consegui melhorar minha produção com a assistência que recebi. E garanto meu sustento, por causa desse apoio”, disse o agricultor Raimundo Nonato, morador do povoado Estiva de Josefa, em Belágua. Além das reformas dos prédios para a educação, o Dia D Mais IDH realizou uma edição da Feira de Agricultura Familiar e inaugurou o sistema de abastecimento de água na cidade.

O abastecimento de água foi outro viés do programa que garantiu a diversas localidades ligações domiciliares, poços e outras melhorias neste setor. O secretário de Estado de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves, ressaltou que a falta de acesso à água potável nas cidades mais pobres do Maranhão é um dos sinais mais claros da política de desigualdade que vinha sendo praticada. “Com a implantação do sistema pleno de água na sede de municípios, o Governo do Maranhão garante às pessoas, sobretudo às crianças, saúde e qualidade de vida. E isto é Direitos Humanos”, reforçou o gestor.

No município de Satubinha, a gestão estadual inaugurou sistemas de abastecimento de água, entregou kits de irrigação e distribuiu produtos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). “Eu gostei muito de receber esses produtos. Assim eu não precisei gastar o pouco dinheiro que tenho e vou poder oferecer comida de qualidade para meus filhos”, comentou Cleidiane Gonçalves, 25 anos, moradora de Conceição do Lago Açú, sobre as distribuições do PAA.

As equipes vistoriaram obras das Cozinhas Comunitárias que estão em construção nos municípios de Satubinha e Centro Novo. Os equipamentos vão garantir mais segurança alimentar e nutricional servindo 200 refeições no horário de almoço. “O maior benefício que o Governo do Estado tem dado à população é a visibilidade, uma vez que ouve essa população e governa de acordo com a necessidade do povo. Esse é o Mais IDH”, reforçou o secretário Extraordinário de Igualdade Racial (Seir), Gerson Pinheiro.

No povoado Bacabal, em Primeira Cruz, a população foi beneficiada com ações do programa Mais Renda que distribuiu dez kits com equipamentos de beleza contendo secadores, chapinhas, lavatórios, tesouras, itens de manicure e outros. “Esta iniciativa já está em vários municípios e tem o objetivo de ampliar a renda capacitando e incluindo os trabalhadores informais do ramo de alimentos e beleza”, explicou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), Neto Evangelista.

Cidadania e dignidade

Integrando a lista de obras e serviços do Dia D Mais IDH, a gestão estadual levou aos municípios mais 12 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água e mais dois Sistemas Universais de Água; 21 kits de irrigação; vistoria em duas Cozinhas Comunitárias; entrega de uma patrulha agrícola; entregas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em cinco municípios; de 10 kits de equipamentos do programa Mais Renda; promoção da Feirinha da Agricultura Familiar; além de atendimentos de saúde pela equipe da Força Estadual de Saúde (Fesma), da Carreta da Mulher e do Procon/Viva.

Entre os municípios atendidos com o Dia D Mais IDH neste sábado estão Afonso Cunha, Brejo de Areia, Centro Novo do Maranhão, Jenipapo dos Vieiras, Primeira Cruz, São Roberto e Satubinha.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog