domingo, 4 de fevereiro de 2018


Eis que chega o momento de novamente celebrarmos o Carnaval. A maior festa do Brasil tem aqui os seus próprios sotaques, cores e batidas que marcam a folia maranhense. Fico feliz de ver que as pessoas novamente estão tomando as ruas nesse período do ano, vivendo as cidades de forma mais plena. Faz parte de nossa política de governo oferecer cultura e lazer para os cidadãos, em um ambiente de convívio pacífico, assegurando o exercício de direitos declarados na Constituição.

O compositor Chico Buarque é quem melhor representou, em diversas músicas, a instituição nacional do Carnaval como um momento de catarse democrática, em que as pessoas vão às ruas com suas fantasias e sonhos.

Em nosso governo, que é feito por todos e para todos, o Carnaval não poderia ser diferente e tem espaço para todos os ritmos. Na Madre Deus, garantimos as apresentações de blocos e shows que fazem ali um dos circuitos mais fortes da folia maranhense. Na Passarela do Samba, apoiamos o desfile das escolas de samba do estado, além de blocos e demais manifestações culturais tradicionais. Demos início ano passado ao circuito da Beira Mar, que estamos consolidando este ano. De domingo a terça, a partir da tarde, irão se apresentar artistas maranhenses, convidando artistas de outros estados. É o caso de Lamparina, Pinduca e Gaby Amarantos no domingo; Criolina e Elza Soares na segunda; Flávia Bittencourt e Maria Gadú, Grupo Argumento, Péricles e Fundo de Quintal na terça.

Este ano, o Circuito Beira Mar também terá uma novidade: estamos inaugurando a Praça Joãozinho Trinta, homenageando o nosso conterrâneo, que veio a ser o maior carnavalesco do Brasil, ao lado da antiga REFFSA, a nossa estação ferroviária que está em processo de restauração. Outros três circuitos novos que criamos em nosso governo voltam a acontecer este ano. É o Carnaval infantil sábado na Praça da Lagoa e domingo no Espigão, além das atividades na APA Itapiracó.

Em outras regiões, a nossa determinação é apoiar centenas de cidades, de acordo com projetos e com as regras que constam nas leis e, mais recentemente, em orientações do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado, transmitidas aos municípios e à Secretaria de Estado da Cultura. O nosso desejo é que tenhamos carnaval em todo o Estado, em paz e com moderação.

Como respeitamos os direitos de todos, vamos também apoiar a Semana de Retiros Culturais, que consta em lei estadual, e que terá a sua culminância em apresentações culturais na quarta-feira à noite, na Praça Maria Aragão.

São investimentos compensados pela vasta economia da cultura que se movimenta neste período, com a geração de milhares de postos de trabalho: músicos, cantores, costureiros, artesãos, vendedores de rua, comerciantes, técnicos de som e iluminação, seguranças etc. E com a movimentação turística em nossas cidades. No Reveillon, já tivemos ótimos números, com a ocupação de até 100% dos hotéis de nossa capital.

Vamos todos aproveitar o Carnaval com responsabilidade e respeito. Sem misturar o consumo de bebida com direção. E com respeito à liberdade de todos e todas, sem assédio e violência de nenhuma espécie. O Carnaval é momento de celebração da vida. Em paz.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog