terça-feira, 23 de janeiro de 2018



A Polícia Civil do Tocantins prendeu, na manhã desta terça-feira (23), Adonísio Lima Cardoso, de 41 anos, principal suspeito do assassinato do secretário de Esporte e Juventude de São Miguel do Tocantins, Edilson Ferreira dos Santos.

O suspeito foi preso em sua cidade natal, Montes Altos, no Maranhão, e agora está à disposição da justiça tocantinense.

A operação para localizar e prender Adonísio Cardoso contou a participação de policiais da Delegacia Regional de Araguatins, com apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote) e investigadores da Delegacia de São Miguel.

O crime

Edilson Ferreira dos Santos (Edilson do PT), de 47 anos, secretário e ex-vereador de São Miguel do Tocantins, foi assassinado na noite do dia 4 de abril de 2017.

O secretário Edilson do PT foi assassinado 
na porta de casa
O então secretário foi baleado na porta de sua casa, quando foi surpreendido por um homem em uma motocicleta.

O criminoso disparou três vezes e um tiro acertou o tórax da vítima. Edilson ainda chegou a ser transportado para um hospital de Imperatriz, mas morreu antes de receber atendimento. O suspeito fugiu após o crime.

O secretário foi socorrido e levado para um hospital na cidade de Imperatriz (MA), mas teria chegado sem vida ao local.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração