quinta-feira, 14 de dezembro de 2017


O Independiente empatou por 1 a 1 com o Flamengo nesta quarta-feira, no Maracanã, e, como havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1, faturou o bicampeonato da Copa Sul-Americana. Essa também é a segunda vez que a equipe argentina protagoniza um “Maracanazo”, confirmando assim a sua fama de Rei de Copas.

Esta foi a segunda vez que o time argentino calou a torcida flamenguista no Maracanã. Em 1995, El Rojo desbancou o Flamengo na Supercopa Libertadores.
Mais de duas décadas depois, apoiado pela torcida que lotou o Maraca, o time rubro-negro pressionou desde o início e abriu o placar aos 29 minutos, com Lucas Paquetá. Embora superior na partida, o Flamengo sofreu o empate após o árbitro Wilmar Roldán, com auxílio do árbitro de vídeo, assinalar pênalti de Cuellar em Meza.

Barco deslocou o goleiro César e fez os torcedores argentinos explodirem nas arquibancadas. No segundo tempo, mesmo com as entradas de Everton Ribeiro e Vinicius Junior, o Flamengo não conseguiu marcar novamente. A organização dos comandados de Ariel Holan foi premiada. O título da Sul-Americana 2017 vai para Avellaneda.

Com o resultado, Vasco e Atlético-MG, apesar de rivais do Fla, lamentam de certa forma. Os mineiros ficam fora da Copa Libertadores do ano que vem, enquanto o cruzmaltino não vai direto à fase de grupos da competição. Já os rubro-negros, seguem sem nenhuma conquista continental desde a Copa Mercosul de 1999.

(El País Brasil)

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog