segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Fábio Braga participa de Ato de Filiação do Solidariedade em São Luís. 

O ano de 2017 chega ao fim e, em 2018, teremos eleições gerais no Brasil, o que significa dizer que é hora de esquentar as turbinas para participar na grande festa da democracia brasileira, que começa no dia 7 de outubro do ano que vem.

Foi precisamente de olho nesse calendário que o Solidariedade maranhense inaugurou, nessa quinta-feira (07), sua corrida sucessória, começando pelo começo, ou seja, fazendo um Ato de Filiação Partidária para trazer novos filiados e para sacudir a militância e as lideranças que já estão na luta.

O encontro deu-se no hotel Grand São Luís e dentre as lideranças que prestigiaram o evento e se sucederam estavam o deputado Fábio Braga; o secretário de Estado da Indústria e Comercio Simplício Araújo, que é também presidente do partido; o ex-deputado federal Wagner Lago; o engenheiro agrônomo e presidente da Faema, Raimundo Coelho; a presidente do Solidariedade Mulher no Maranhão e ex-vereadora de Coelho Neto, Cristiane Bacelar; e pré-candidatos a deputado estadual e federal pelo partido.

Sob os olhares de um auditório atento, Fábio Braga falou das dificuldades de se fazer política hoje no Brasil e no Maranhão por conta de fatores como o alto grau de concorrência no meio da classe; a crise econômica que impõe um grande sacrifício às famílias brasileiras devido, sobretudo, ao elevado número de desempregados, mas, principalmente, pelo preocupante nível de descrédito enfrentado pela classe política do país junto ao eleitorado, o que cria, no seu entendimento, “um ambiente de perplexidade generalizada, de aversão a política, e de apatia da população pelo processo sucessório” – apontou.

Fábio Braga participa de Ato de Filiação do Solidariedade em São Luís. 
O parlamentar lamentou ter-se chegado a uma situação dessa, mas, convidou todas as lideranças a se engajarem ao esforço que o Solidariedade desenvolve para construir uma diferente forma de fazer política, conduzindo e compatibilizando os interesses públicos e privados em benefício do povo – disse.

Reforçou o pedido, lembrando que mesmo nesse ambiente de descredito, “o Solidariedade vem conseguindo ser o partido que mais cresce no Maranhão, justamente porque as pessoas estão acreditando na sua mensagem” - arguiu

E finalizou sua fala com um convite todo especial “ao jovem maranhense porque é nele aonde depositamos nossas esperanças de virar uma página tão conturbada da vida brasileira”, e convidou, também, a mulher maranhense para fazer parte desse esforço “em nome da sua história de lutas, de Solidariedade e de força de caráter”, resumiu o parlamentar esperançoso de que seu partido alcance os objetivos por ele perseguidos.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog