sexta-feira, 1 de dezembro de 2017


“Eu tive uma reunião ontem com o superintendente da Codevasf aqui no Maranhão, Jones Braga, para tratar de diversos temas, mas, em primeiro lugar, para tratar dos projetos daquele órgão que estão em execução no estado" - disse o parlamentar iniciando seu discurso na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (29).


Esclareceu que atualmente a empresa pública “está presente em 147 municípios do Maranhão, basicamente nas Bacias do Itapecuru, do Parnaíba e do Mearim, mas que, a partir do próximo ano, graças à luta dos senadores, dos deputados federais e de toda a classe politica maranhense, vamos ter a totalidade do estado sendo alcançada pela sua atuação" - comemorou.


O parlamentar ressaltou: “estive várias vezes em alguns estados do Nordeste, sobretudo nas áreas onde a Codevasf atua muito forte e comprovei a elevação da produção, da produtividade e da irrigação" - disse.

Lembrou que quando Mauro e Clóvis Fecury ainda eram deputados federais “tivemos uma série de programas sendo feitos na região, principalmente em Vargem Grande, Cantanhede, Mata Roma e Anapurus, através dos recursos repassados pela Codevasf que na época era uma superintendência conjunta do Maranhão com o Piauí".

O deputado disse também que vê com muito bons olhos à cobertura de todos os municípios por parte da Codevasf “porque o estado tem muito potencial para se expandir, já que teremos inúmeros projetos de piscicultura, caprino e ovinocultura, bovinocultura leiteira e apicultura sendo desenvolvidos em pequenas comunidades, e essa expansão chega num momento certo" - opinou.

Fábio Braga relatou que na conversa com Jones Braga, “vi sua satisfação em saber que já está em andamento em Brasília, o projeto que vai viabilizar cinco milhões de reais à Universidade Federal do Maranhão, destinados ao estudo de revitalização do rio Itapecuru, possibilitando a preservação das suas margens e a melhoria na qualidade da água, já que dentre outras cidades ele abastece São Luís" - lembrou.

O parlamentar informou ter definido “tanto eu quanto o superintendente, uma série de audiências públicas que devem ser feitas nos municípios para tratar, principalmente, da inclusão de cada um nos programas de execução orçamentária da empresa e deles próprios" – orientou.

E concluindo fez questão de esclarecer que essas audiências terão vários objetivos dentre os quais “dar conhecimento acerca do órgão e fazer o debate entre a população, a classe política e os governantes, já que a Codevasf possui muitos projetos junto ao governo do Estado; as Prefeituras Municipais; a entidades como a UEMA e Universidade Federal do Maranhão, mas, também, junto a diversas associações comunitárias espalhadas pelo estado, portanto” - asseverou – “Há uma abrangência muito grande em termos de projetos e de recursos financeiros, que podem perfeitamente ser executadas, e o Maranhão precisa aproveitar objetivamente essa parceria" – conclamou.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog