domingo, 12 de novembro de 2017

Momento em que os assassinos param para deixar o carro do militar passar. Mais à frente, eles fizeram a emboscada

Policiais militares prenderam quatro suspeitos de envolvimento com as mortes do cabo PM Josélio Rocha Sousa, de 45 anos, e de seu enteado, Yuri de Paula Silva, o “Chacal”, de 26 anos, na tarde deste domingo (12), na Estrada do Sítio Grande, em Paço dos Lumiar.


Foram presos Nicolas Monteiro Ribeiro, residente no Parque Vitória; Herbert Mendes Pinho, residente na 2ª Trav. São Jorge, no Pão de Açúcar; Rafael de Jesus Fonseca, residente na Rua da Viração, no Centro; e Islane Katherine Ferreira, residente na Liberdade.

Todos foram encaminhados para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). Os presos estão prestando depoimentos neste momento.

O cabo Josélio e Yuri "Chacal"

Em um vídeo que chegou ao blog, pode-se ver o momento em que os assassinos pararam para deixar o carro do militar passar, na Estrada da Maioba, nas proximidades da entrada para o Parque Jair. Eles ainda tentaram roubar uma moto.


Na Estrada do Sítio Grande, os assassinos fizeram a emboscada que terminou com a morte do PM e de seu enteado. O alvo do bando era “Chacal”, conhecido homicida, e bastante conhecido da polícia.
A esposa de Yuri, Ingrid Maria de Jesus Ferrari, foi alvejada por dois disparos na região do braço. O filho do casal, Levi de Paula, de 1 ano, foi atingido na mão direita.

Os veículos utilizados pelos criminosos são uma Saveiro, cor branca, placa OJK-6595, e um Peugeot, cor cinza, placa NHA-6587.

A Saveiro foi localizada e apreendida na 3ª Travessa Nossa Senhora das Graças, na Liberdade.

Veja o momento em que os assassinos pararam na Estrada da Maioba para deixar o veículo do PM passar. Mais à frente, eles fizeram a emboscada.


0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

SuperSportingBet

SuperSportingBet

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog