terça-feira, 14 de novembro de 2017


A Polícia Federal apontou que há indícios de suspeita de fraude na execução do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Maranhão. A informação foi confirmada pelo delegado responsável pelas investigações, Franco Perazzoni, em entrevista coletiva. De acordo com a PF, além do Maranhão, outros doze estados (Pernambuco, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo) também terão a aplicação do exame verificada.

As ações fazem parte da operação Passe Fácil, com o cumprimento de 62 mandados judiciais, sendo 31 de busca e apreensão e 31 de condução coercitiva. A PF não informou, até o momento, quantos destes mandados foram cumpridos no Maranhão.

A PF confirma ainda que os mandados de busca e condução coercitiva estão relacionados a pessoas que já estavam sob suspeita de terem fraudado o Enem em edições anteriores. “Identificamos pessoas sob suspeita de terem fraudado e estão próximas de serem indiciadas. Então, sabendo que estariam fazendo a prova nesse ano, agimos no sentido de garantir que elas sejam punidas e evitar novas fraudes”, afirmou o delegado.

Ausência

Segundo o Inep, órgão responsável pela aplicação das provas, dos 6.731.344 inscritos, 2.156.449 se ausentaram no segundo dia. Os dados são preliminares, e poderão sofrer alterações após checagem do instituto.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

SuperSportingBet

SuperSportingBet

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog