sábado, 25 de novembro de 2017

Uma falsa postagem nas redes sociais diz que o criminoso teria sido morto por colegas detentos,que teriam invadido sua cela.



Falsas informações de que Robert Serejo Oliveira, de 32 anos, teria sido morto por colegas detentos que teriam invadido a cela dele estão circulando nas redes sociais neste sábado (25). Ele confessou que estuprou e matou a garota Alanna Ludmila, de 10 anos de idade. VEJA AQUI

O blog do Neto Weba entrou em contato com Superintendente de Polícia Civil do interior, Dicival Gonçalves,ao nosso portal o Superintende informou que a noticia não passa de boatos. 

Em uma rápida pesquisa no Sistema Prisional o mesmo  está como ativo.Robert continua preso em sela separada vivinho da silva.



0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog