quarta-feira, 1 de novembro de 2017

O sistema de transporte escolar denominado de “pau de arara” (foto abaixo) ainda é uma realidade triste no interior do Maranhão e tem causado muitas mortes ao longo dos anos, mas nem por isso as prefeituras contratam veículos melhores e mais seguros. Ontem, o menor Adriel Oliveira Lima, 13 anos, não resistiu e veio a óbito depois de bater com a cabeça em um ferro da boleia do carro durante uma batida com outro veículo, em Montes Altos.


O acidente ocorreu na semana passada e o menor não teve ferimentos expostos, mas ficou com a testa bastante inchada e foi levado para um hospital em Imperatriz onde ficou em coma por vários dias. Ontem, ele morreu, o motorista desistiu de prestar os serviços.

São mais de dez camionetes que improvisam assentos e teto com lonas na carroceria do carro e recebem o nome de “Pau de Arara”, transporte escolar que insiste em existir há vários anos no Maranhão.

O perigo em Montes Altos não reside apenas nos acidentes entre carros, mas nas estradas que estão em situações precárias, e até mesmo em situações em que motoristas dirigem embriagados. No vídeo abaixo, um pai de aluno parte pra brigar com um motorista que estava alcoolizado. Por pouco não houve morte; confira:





Em 2014, ao menos 8 estudantes morreram numa noite por causa de acidente com um carro pau de arara entre os municípios de Bacuri e Serrano. O veículo transportava cerca de 20 alunos da escola Cristino Pimenta pessimamente acomodados.   Eles estavam sendo transportados para o povoado Madragoa, quando o transporte escolar bateu de frente com uma caminhão carregado de pedras e despencou em uma espécie de abismo. O resultado foi a tragédia abaixo: oito mortos entre 15 a 18 anos.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

SuperSportingBet

SuperSportingBet

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog