terça-feira, 1 de agosto de 2017


No julgamento, Ministério Público foi representado pelo promotor de justiça Thiago AguiarEm sessão do Tribunal do Júri de Turiaçu, realizada em 26 de julho, os réus Ailton dos Santos e Basílio Neto foram condenados a 19 anos de reclusão em regime fechado, devido ao homicídio da adolescente Ozinéia Ferreira da Silva, de 16 anos.

A sentença foi proferida pela juíza Urbanete Silva. O Ministério Público do Maranhão (MPMA) foi representado pelo promotor de justiça Thiago Lima Aguiar.

CRIME

O conselho de sentença reconheceu que o crime, ocorrido em 2014, foi cometido por motivo fútil, com emprego de meio insidioso ou cruel, impossibilitando a defesa da vítima.

Ailton e Basílio Neto tinham dado R$ 50 para que Ozinéia comprasse drogas mas ela voltou sem o dinheiro e os entorpecentes.

Em março daquele ano, o corpo da adolescente foi encontrado em uma casa abandonada no bairro Castanhal. O cadáver estava em estado de putrefação e tinha diversas perfurações de faca.

Os réus estão presos desde 2014.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

A Marca do Sucesso

A Marca do Sucesso

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog