terça-feira, 6 de junho de 2017

Vem de uma menina de oito anos a imagem simbólica e um dos mais belos exemplos recentes do país, envolto em caos político, econômico e institucional. Negra, simples e de sabedoria singular, a pequena pernambucana Rivânia deu uma aula de fé e esperança ao deixar a casa inundada pela enchente e ajoelhar-se na jangada abraçada ao que julgou ter maior importância em sua vida: os livros.


A menina, que sonha em ser professora ou enveredar pela medicina deu uma aula ao Brasil. O conhecimento é o caminho capaz de fazer com que o país possa ter uma sociedade mais justa, fraterna, igualitária e inclusiva.


Criou-se nos últimos anos a ideia de que o Brasil será “salvo” por “justiceiros”, que combatem a corrupção. Esta é uma chaga. Disto ninguém duvida. E por isso mesmo, precisa ser permanentemente combatida. Mas, não só.


Na humildade e mansidão de suas palavras, aquela criança nos mostra que mesmo na dificuldade a educação precisa ser prioridade. É esta que em grande medida proporciona a verdadeira libertação e o desenvolvimento de uma sociedade.

A educação é uma obra de longo curso. Talvez nisto esteja explicação para tão pouco apreço por parte de ocupantes de cargos executivos, salvo raras e honrosas exceções. Poucos foram os políticos que tomaram a educação como bandeira. No âmbito nacional, temos experiências exitosas do saudoso Leonel Brizola e Darcy Ribeiro. Brizola teve entre suas marcas a inauguração de milhares de escolas e apoio aos alunos dando-lhes condições e incentivos. Foi o responsável pela implantação dos CIEPs. Iniciativas exitosas, que mereceram recente referência de Caco Barcelos, um dos grandes jornalistas do país. E certamente lembrada por milhares de alunos alcançados por este projeto de educação inclusivo.


No Maranhão, o também saudoso ex-governador Jackson Lago teve sua trajetória política construída tendo como um dos marcos os investimentos em educação. À frente da prefeitura de São Luís, a capital do Maranhão teve o maior investimento na rede de ensino municipal ampliando exponencialmente o número de vagas e a construção de escolas. Feito repetido em nível estadual no curto período em que esteve no comando do governo.

Hoje, vemos com alegria o governador Flávio Dino abraçando a causa da educação como prioridade do governo. Realizando sonhos com a construção de escolas dignas. São mais de 570 escolas reconstruídas, reformadas, construídas. Implantação de 18 escolas de educação integral, sete destas profissionalizantes; iniciativa inédita no Estado. Professores valorizados e capacitados. Participação das famílias no processo educacional com a democratização da gestão escolar, com a eleição direta para gestores. Alunos da rede pública de ensino com acesso a programas de intercâmbio em outros países. Bolsa Escola para estimular permanência das crianças nas escolas. Oportunidade que as milhares de Rivânias do Maranhão agradecem por poder sonhar com um futuro melhor amparadas num presente, em que prevalecem a dignidade e o conhecimento.


Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM

0 comentários:

Postar um comentário

Governo do Estado

Governo do Maranhão

Facebook

Nova Rádio Timbira

A Marca do Sucesso

A Marca do Sucesso

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog