sábado, 20 de maio de 2017

Temer com Roseana e José Sarney.
A notícia de que os donos do frigorífico JBS, Joesley e Wesley Batista, gravaram o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, depois que ele foi preso na operação Lava Jato, caiu como uma bomba no Maranhão.

Aliados de primeira hora de Temer e sonhando com o apoio do presidente para a disputa das eleições de 2018, Roseana Sarney e Roberto Rocha podem ver ruir o sonho de derrotar o governador Flávio Dino.

Se sustentando em cargos no Governo Federal e tentando boicotar de todas as formas o Governo do Maranhão com o objetivo de atingir Flávio Dino, um possível novo presidente pode fazer com que a família Sarney perca postos no âmbito nacional e musculatura política para encarar uma eleição, sobretudo contra um governo equilibrado e popular.

Temer e Roberto Rocha.
O senador Roberto Rocha também possui cargos no Governo Federal e se utiliza disso para fazer política no Maranhão. A proximidade com Temer, inclusive, faz o parlamentar usar obras em parceria do Governo do Estado com o Federal para dizer que só foram possíveis pela sua atuação, como foi o caso do Engenho Central de Pindaré, mesmo a construção sendo tocada pela Secretaria de Infraestrutura do Estado.

A bomba que explodiu em Brasília acabou atingindo até o Maranhão. Resta saber se os Sarneys continuarão firmes com o presidente ou, mais uma vez, abandonarão o barco afundando. Já Roberto Rocha continuará com a promessa de trazer Temer para o Maranhão?

O tempo dirá…

Do Blog do Garrone.

0 comentários:

Postar um comentário

Governo do Estado

Governo do Maranhão

Facebook

Nova Rádio Timbira

A Marca do Sucesso

A Marca do Sucesso

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog