quinta-feira, 20 de abril de 2017




Dando cumprimento a um mandado de prisão temporária decretada pela justiça do Estado do Rio de Janeiro, a Polícia Civil do Maranhão por meio da 6ª Delegacia Regional do município de Viana na Baixada Maranhense, conseguiu prender na manhã desta quarta-feira (19) Girlan Azevedo Cardoso (29), principal suspeito de ser autor de um homicídio no Rio de Janeiro.

De acordo com o delegado Jorge Pacheco, o crime ocorreu em fevereiro deste ano e teria sido motivado após uma briga de trânsito entre Girlan Cardoso e a vítima identificada como o músico Felipe Coutinho de Souza (32) na região da comunidade da Mangueira, sendo a vítima assassinada com uma chave de fenda.

O crime teria chocado a sociedade fluminense pela formal brutal e passional que foi cometido, pois a vítima era integrante de uma banda regional. Assim que a Polícia Civil do Maranhão foi notificada sobre o paradeiro de acusado, deu início as diligências, tendo êxito ao final. Após ser decretada a prisão de Girlan, o mesmo apresentado a delegacia para prestar seu depoimento e ficando preso no presídio de Viana até que seja acertada sua transferência para o Rio de Janeiro.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog