sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015
O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria de Justiça de Mirinzal, ofereceu Denúncia, em 25 de fevereiro, contra o ex-prefeito do município, Ivaldo Almeida Ferreira. A Denúncia é referente a irregularidades em convênios, durante o exercício do mandato de 2005 a 2012.
De acordo com a Denúncia, elaborada pelo promotor de justiça Francisco de Assis Silva Filho, o Município de Mirinzal fez uso irregular de recursos, recebidos por meio de oito convênios firmados com a Secretaria de Estado de Educação, totalizando a quantia de R$ 1.108.524,50.
Os convênios tinham como objetivo assegurar transporte escolar para alunos de ensino médio e fundamental; construção de escola no bairro Barreiro e povoado Paraíso; aquisição de equipamentos de informática e dois refrigeradores; construção de quadra no povoado Santiago; construção de unidade escolar para o ensino médio e manutenção do transporte escolar.
Os problemas encontrados incluem prestação de contas irregulares; ausência de comprovação de despesas e de pagamento de obrigações fiscais; ausência de processos licitatórios; execução de despesas após a vigência do convênio e inadimplência.
Na Ação Penal, o promotor de justiça pede a condenação do ex-gestor, reparação dos danos causados e prisão preventiva do denunciado.
O município de Mirinzal fica localizado a 402 km de São Luís.
As informações são do MPMA
IMG_2827
Prefeita de Raposa Talita Laci(PCdoB) exibe bandeira do Município em seu gabinete.
Talita Laci assumiu na tarde desta quarta-feira 25/02, o cargo de prefeita do município de Raposa. A nova gestora foi notificada pelo oficial da justiça eleitoral por volta das 16h e em seguida se deslocou para a sede do poder executivo municipal no bairro da Vila Nova.
Na prefeitura, informou que logo na primeira semana de seu novo governo vai anunciar inúmeras medidas que visam colocar a cidade no caminho do desenvolvimento. Talita adiantou que uma das medidas será adaptar a economia municipal ao cenário de crise que deve encontrar nas finanças municipais.
Para isso, a prefeita Talita Laci (PCdoB) anunciou o corte no próprio salário, no do vice-prefeito e de secretários, cargos comissionados e funções gratificadas.
Os Vereadores Doutor(PV), Zé Mário(PCdoB) e Oliveira(PP) fizeram questão de comparecer na Prefeitura e acompanhar a jovem. Os parlamentares testemunharam a entrega das chaves da porta principal e da sala de tributos. As outras chaves, do gabinete e demais departamentos, não estavam com o porteiro. Um chaveiro teve que ser chamado para abertura das portas.
IMG_2826
No gabinete da Prefeitura, Talita Laci recebeu vereadores e seu pai, José Laci, ex-prefeito.
“Vamos fazer um relatório patrimonial do que estamos recebendo, essa orientação também será direcionada a todo o secretariado que vamos anunciar oficialmente ao longo da semana.”, disse Talita.
Agora a noite, populares saíram às ruas numa grande carreata em comemoração pelas avenidas da cidade.

Domingos Costa
Usuários e empresas no centro e nos  bairros de Godofredo Viana  estão impedidos de trabalhar na manhã desta sexta-feira (27) por conta da falta de sinal do Oi Velox e pela falta de sinal nos telefones Fixos residenciais. A reclamação foi geral. O telefone do Blog simplesmente não parou de tocar e a insatisfação que já reinava contra a operadora pelos serviços de telefonia móvel se somou agora ao da internet. Muitos reclamantes chegaram a externar que iam dar um basta, radicalizar e mudar de operadora. Lojistas reclamaram de inúmeros prejuízos dada a ausência da internet, via Oi Velox. O Blog ligou para a operadora em São Paulo e depois de três ou quatro atendentes, a ligação caiu sem uma resposta sobre o problema.
quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015
Um juiz do Tribunal de Justiça do Piauí determinou que a operadora Vivo suspenda o WhatsApp em todo o Brasil por até 24 horas até que a empresa de tecnologia cumpra uma ordem judicial anterior. O juiz Luiz Moura Courreia, da Central de Inquérito da Comarca de Teresina, não informa o motivo da suspensão já que a ação anterior que envolve o WhatsApp corre em segredo de Justiça.
Parte da decisão judicial diz: “Suspensa temporariamente até o cumprimento da ordem judicial, em todo território nacional, em caráter de urgência no prazo de 24 horas após o recebimento, o acesso através dos serviços da empresa aos domínios whatsapp.net whatsapp.com, bem como todos os seus subdomínios e todos os outros domínios que contenham whatsapp.net ewhatsapp.com em seus nomes e ainda todos números de IP (Internet Protocol) vinculados aos domínios já acima citados”.
Comunicada da decisão no último dia 19, a Vivo entrou com recurso para não ter de cumpri-la.
Fonte: ESTADÃO
Copão Alto Turi de Seleções
Desde o inicio de sua gestão (2013), o Prefeito Marcelo Jorge  tem se preocupado e, tem ido à busca de aprovação de projetos junto às autoridades competente. Para o gestor, o esporte e o lazer são fatores de desenvolvimento local pelos benefícios que proporcionam a saúde e pela oportunidade que oferecem de desenvolvimento tanto individual como social.
Campeonato Municipal
As atividades esportivas dão um alto impacto nos esforços de desenvolvimento, educação e combate a violência em varias sociedades, e o lazer e fundamental para qualidade de vida das pessoas. “O esporte promove a inclusão e ambos têm o poder de atrair e mobilizar a juventude, retirando do mundo obscuro dos diversos tipos de drogas, além disso, cria valores, respeito, aceitação de regras trabalha em equipe e boa convivência social”, disse o prefeito Marcelo Jorge.
Partindo desse principio, o prefeito participou dia 7 de fevereiro do primeiro encontro Estadual dos Secretários e Gestores de Esporte e Lazer em São Luís, onde foram discutidas políticas públicas direcionadas ao esporte no Maranhão, visando melhorias para o esporte do Município. Além disso, a atual gestão está sempre apoiando o esporte, entre eles; o Campeonato da Liga, Campeonato Veterano, Campeonato Municipal,Campeonato de Futsal Masculino e Feminino.

Campeonato de Futsal
MA- 206  em situação caótica
A MA- 206 que liga Amapá do Maranhão a cidade de Cândido Mendes está em péssimo estado de conservação,os trechos entre  Amapá  a Carutapera  estão tomados por buracos, poças de água e muita lama.
Além de não existir acostamento a MA -206 está intrafegável, Motoristas e passageiros sofrem neste percurso de 90 km até a BR 316.Devido as condições das estradas a passagem teve um aumento de 50% .
Essa é uma boa oportunidade do secretário de Infraestrutura (Clayton Noleto) mostrar serviço e resolver a situação de uma vez por todas.


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

BALEIA ENCALHADA.
Baleia encalhada
TURIAÇU - A baleia da espécie jubarte que encalhou na manhã desta segunda-feira (23), em uma região de mangue na cidade de Turiaçu, a 152 km de São Luís, não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde desta terça-feira (24). A imagem foi enviada por uma internauta que não quis se identificar. De acordo com informações do superintendente de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente Rafael Carvalho, uma equipe do Corpo de Bombeiros da cidade de Pinheiro, a 129 km de Turiaçu, teria encaminhado o mamífero para o alto-mar, mas devido o seu estado debilitado, ela acabou voltando para região de mangue, onde morreu.
O coordenadora nacional do Centro de Mamíferos Aquáticos Fábia Luna afirmou que o caso da baleia encalhada no Maranhão estava sendo acompanhado e que a função do órgão é principalmente orientar nos primeiros socorros do animal. Ela afirmou que a maioria dos mamíferos, quando chega à terra firme ou em área de mangue, é porque já estava debilitado.
TENTATIVA PARA DESENCALHAR.
Tentativa para desencalhar o animal
Outros fatores citados pela coordenadora estão ligados a fatores externos, como acidente causado por alguma embarcação, pesca mal sucedida, ou a idade avançada do animal. “É muito raro uma baleia deste porte encalhar numa região de mangue, mas quando isso acontece, na maioria dos casos, a motivação deste animal foi causada por fatores externos, que estão muito mais vinculados as ações do homem do que com o próprio habitat do animal”, explica.
A baleia tinha aproximadamente 15 metros de comprimento e, segundo informações da bióloga e presidente do Instituto Ecos de Gaia Nayara Valle, até o momento, não havia nenhum registro de um animal deste tamanho que tivesse encalhado antes.
Três irmãos da cidade de Monção-Ma, morrem dentro de um poço na cidade de Paragominas-Pa. A família se encontra em choque com esse acontecimento.
Eles tinham as idades de 22, 27 e 29 anos. Irmãos faziam a retirada de uma bomba d'água no interior do poço....
Três irmãos morreram na noite desta segunda-feira (23) dentro de um poço de 30 metros de profundidade, no bairro JK... d'água que ficava no interior do poço, que tem um metro de diâmetro. Os moradores da área disseram que era comum o que os irmãos fazerem...



Escritório Pavão Filho Advogados Associados recebeu fecha contratos para fazer defesa de 'maus gestores'.


Investigados no Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão por ocorrência de dano à administração pública, gestores públicos – na maior parte dos casos, prefeitos, secretários municipais e diretores de autarquias, contrataram o escritório do advogado João Jorge Jinkings Pavão Filho, herdeiro do presidente do tribunal, conselheiro João Jorge Jinkings Pavão, para defendê-los nos processos. João Pavão Filho também foi nomeado com funcionário do órgão quando o pai foi presidente da Corte de Contas no biênio 2003/2004.
TCE1
Em abril de 2004, por exemplo, João Pavão Filho foi aprovado na Ordem dos Advogados do Brasil e, começou a atuar como advogado, chegando, inclusive, a transformar o próprio órgão público como uma espécie de escritório privado. Nesse período, ele chegou a informar à OAB como contato comercial, o endereço do próprio TCE, conforme os dados de inscrição.
PAVAO FILHO
Mas além de usar a estrutura pública do tribunal, o filho do presidente da Corte de Contas maranhense, também vem faturando alto em contratos com prefeituras que tem gestores com processos no TCE.
No município de Senador Alexandre Costa, onde o prefeito José Carneiro Filho, o Carneirinho (PMDB), tem contas a acertar com a Justiça, o escritório Pavão Filho Advogados Associados fechou contrato com a Prefeitura no valor de R$ 31.500 (trinta e um mil e quinhentos).
AlexandreTCE
Alexandre1
Com a Prefeitura de Pirapemas, onde o prefeito Iomar Martins (PSB) é investigado pelo TCE por irregularidades envolvendo o mau uso de recursos públicos, o filho do Presidente da Corte de Contas, assinou contrato no valor de R$ 52.500 (cinquenta e dois mil e quinhentos).
Pirapemas TCE
Pirapemas
Em Itapecuru, o escritório foi contratado com verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação –Fundeb, no valor de R$ 54.000 (cinquenta e quatro mil). Segundo levantamento realizado pelo BLOG, o escritório foi contratado para defender o gestor Magno Rogerio Siqueira Amorim em processo de Tomadas de Contas aberto pelo tribunal, conforme documento em anexo.
ItapecuruTCE
itapecuru2
Na cidade de Turiaçu, o enrolado prefeito Joaquim Umbelino Ribeiro (PV) que enfrenta processo por rejeição de contas, também recrutou o escritório Pavão Filho Advogados para fazer sua defesa junto ao tribunal. O valor do contrato foi alto: R$ 121.920 (cento e vinte e um mil, novecentos e vinte reais).
TuriaçuTCE
diarioturiacu
Outro contrato que o filho do presidente do TCE acabou abocanhando, foi no município de Cedral, cujo prefeito Gabriel Cuba (PMDB) é ‘ficha suja’ e possui varias contas rejeitadas com transito em julgados.  O valor do contrato foi de R$ 40.000 (quarenta mil).
CedralTCE
cedral1
PESO EXPLICA TRATAMENTO DESIGUAL
A diferença no tratamento dado às contas das prefeituras com maus gestores se deve, principalmente, ao relacionamento familiar entre filho e o presidente do Tribunal de Contas (TCE). Nos próximos dias, o blog vai trazer outros negócios que envolvem a família Jinkings Pavão com município administrados por gestores que enfrentam processos por irregularidades. Aguardem!
terça-feira, 24 de fevereiro de 2015
posto-pagara-danos-morais-coletivos-por-aumento-abusivo-em-preco-de-combustivel

Assim como em outras cidades do Maranhão, em Godofredo Viana e Cândido Mendes também não estão sendo diferentes no abuso dos preços de combustíveis no município. De carona no reajuste de R$ 0,22 nos impostos sobre a gasolina, os postos de combustíveis nesta duas cidades não perderam a oportunidade de aumentarem a margem de lucro colocando preços acima do aumento estipulado.
O problema que esse abuso tem pesado no bolso do consumidor que tem percebido uma grande diferença no preço do litro de combustível em Godofredo Viana. O blog realizou uma pesquisa nos DOIS  postos de combustíveis que existem um no município de Godofredo e outro em Cândido Mendes. Posto Total (Posto Bonifácio ) a gasolina está sendo vendida a 3,55, um aumento de quase R$ 0,35 por litro.
Godofredo Viana precisa de uma resposta do Ministério Público


Assim como estão fazendo em São Luis, onde o Ministério Público já intimou cerca de 184 postos de combustíveis da capital, em Godofredo e Cândido Mendes  também precisa ser combatido o abuso nos preços de combustíveis. Pois, se os preços da gasolina com os valores alterados continuarem assim, os maiores  prejudicados serão os próprios consumidores.
Porém, enquanto o Ministério Público não toma as providências cabíveis, o cidadão que se sentir lesado por pagar preços altos nos postos de combustíveis  pode fazer reclamação no Procon, Defensoria Pública e principalmente no Ministério Público.
Com a palavra o Ministério Público…
Três irmãos morreram na noite desta segunda-feira (23) dentro de um poço de 30 metros de profundidade, no bairro JK, na periferia de Paragominas, no nordeste do Pará. Eles tinham idades de 22, 27 e 29 anos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, dois deles estavam fazendo a retirada de uma bomba d'água que ficava no interior do poço, que tem um metro de diâmetro. Os moradores da área disseram que era comum os irmãos fazerem esse tipo de trabalho, já que o bairro não possui serviço de abastecimento de água e a própria população constrói poços clandestinos.

Na última noite, um dos irmãos segurava uma corda e o outro descia até o fundo do poço. Ainda de acordo com os bombeiros, há indícios de que um deles tenha desmaiado devido a inalação de gases tóxicos e o outro, que estava segurando a corda, teria se desequilibrado e caído.

O terceiro irmão, quando soube da tragédia, foi ao local na tentativa de socorrer os irmãos. Angustiado, ele também se desequilibrou e caiu dentro do poço.

A remoção dos corpos durou cerca de cinco horas devido à dificuldade de acesso ao local. As vítimas foram identificadas como Ismael Cerejo Coelho, 22 anos, Evandro Costa Cerejo, 29 anos e Jeferson Costa Cerejo, 27 anos. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal de Paragominas para a perícia e devem ser liberados na manhã desta terça-feira (24).


A família das vítimas está em estado de choque, principalmente as irmãs, que precisaram receber atendimento médico. O local do velório ainda não divulgado pela família. (Com informações do G1PA com edição Godofredo Viana em Foco).

Resultado de imagem para medicosA Receita Federal vai apertar a fiscalização sobre as despesas médicas declaradas no Imposto de Renda. A partir de agora, médicos, dentistas, fonoaudiólgos e psicólogos terão de informar à Receita Federal, mensalmente, o valor recebido e o CPF de cada cliente. Os dados devem ser fornecidos ao Fisco por meio do carnê-leão. Até o momento, era necessário declarar apenas o rendimento total do mês, sem identificar as pessoas atendidas. A regra vale também para advogados.

O objetivo da medida, segundo o secretário de Arrecadação e Atendimento da Receita, Carlos Roberto Occaso, é tornar mais eficiente o cruzamento automático das informações de profissionais e de clientes, coibir fraudes e reduzir a quantidade de declarações que caem na malha fina devido a erros na inserção de gastos médicos. Os dados do carnê-leão deverão ser importados para a declaração de renda de 2016. 

Despesas médicas, que podem ser integralmente abatidas da renda bruta dos contribuintes, estão entre os principais motivos de retenção das declarações pela fiscalização tributária. No ano passado, elas responderam por 20% dos documentos presos na malha fina. Metade deles foi retida devido à omissão de rendimentos pelos profissionais liberais. 

A Receita vem aumentando gradativamente o cruzamento de informações de prestadores de serviços com as declarações de pessoas físicas e aumentando o cerco sobre mecanismos usados para burlar o pagamento do Imposto de Renda. Recentemente, o órgão passou a exigir que os contribuintes incluam na declaração o CPF dos dependentes com 16 anos ou mais. Até o ano passado, a obrigatoriedade valia apenas para os maiores de 18 anos. A medida visa aumentar os controles, evitando, por exemplo, que um mesmo dependente conste de mais de uma declaração.


Correio Braziliense
Uma baleia Jubarte foi encontrada encalhada na manhã desta segunda-feira (23) na cidade de Turiaçu no Litoral Maranhense. O animal ficou preso na vegetação de um mangue da Ilha Juntaia  no povoado Cristóvão  e acabou se ferindo. De acordo com informações dos moradores do local, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando chegaram ao local, pescadores já tinham desencalhar o animal.

No fim da trade a baleia  de aproximadamente 15 metros de comprimento voltou a encalhara.  A bióloga e presidente do Instituto Ecos de Gaia, Nayara Valle, afirma que não há nenhum registro de um animal deste porte que tivesse encalhado antes. "Não há registro no estado do Maranhão de um animal deste porte encalhado. Se a baleia for realmente deste tamanho é um caso inédito”.

A bióloga acrescentou que uma mudança na corrente ou uma desorientação do animal podem ter feito que ele tenha mudado sua rota. “Não sabemos a idade nem as condições de saúde dessa baleia, fatores que também poderiam ter influenciado para que ela alterasse sua rota”, analisou Nayara Valle.

Na manhã desta terça, pescadores com a ajuda do Corpo de Bombeiros  iniciam  mais uma vez os trabalhos na tentativa de desencalhar o animal.

http://www.vandovalrodrigues.com/
Raposa – Durante entrevista ao “Programa do Udes Filho”, na Rádio União FM
 (106,3Mhz), emissora oficial da cidade de Raposa, o presidente afastado 
da Colônia de Pescadores de Raposa  (Z-53), Ediberto Oliveira, denunciou 
uma suposta manobra, com falsificação de documentos, que teria 
sido orquestrada por forças políticas, para acarretar no afastamento judicial
 da diretoria da entidade.
Ediberto denunciou, também, uma suposta armação com fins eleitoreiros, 
da atual diretoria da entidade, para ludibriar os pecadores do município,
 com um falso beneficio do Seguro Defeso, agora em 2015.
De acordo com o ex-presidente, a destituição da diretoria da entidade 
pesqueira ocorreu baseada em documentos fraudulentos, ferindo o estatuto
 da entidade e enganando a Justiça.
“Seria preciso à convocação de uma Assembleia, onde a questão seria 
discutida entre os colonizados, que se estivessem de acordo com a 
destituição da mesa diretora, teriam que assinar em ata, constando nomes
 e CPFs. Entretanto, não foi isso o que aconteceu. Os responsáveis por este
 ato criminoso convocaram os pescadores para uma reunião com a 
justificativa de que tratariam sobre o seguro defeso dos pescadores e,
 por lá, distribuíram folhas de papel em branco e pediram que os 
presentes assinassem, como uma lista de frequência. Além disso, 
pescadores que nem estiveram na reunião, estranhamente, não se sabe
 como, tiveram suas assinaturas colocadas nestas folhas de papel e, 
até mesmo, uma pessoa que já havia falecido teve sua assinatura 
na relação, que foi anexada como uma Assembleia para destituir a 
diretoria da entidade”, desabafou Ediberto.
A falsa Assembleia Geral, denunciada,  foi realizada no dia (9) de novembro
 de 2013, na Avenida Principal, bairro do Inhaúma, no pátio de uma 
madeireira do município.
Baseando-se nesta suposta Assembleia, o Juiz Clésio Coelho Cunha da
 Vara de Interesses Difusos Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís,
 foi induzido ao erro, acatando  uma Ação que pleiteava a destituição
 da diretoria da Colônia.  Na ocasião, o juiz determinou que uma
 Junta Governativa comandasse a entidade pelo período de seis meses.
 Ficaram responsáveis pela entidade a senhora Andreia Souza 
Gonçalves Coutinho, como presidenta, auxiliada por Sâmia Jorge
 Mendes, secretária e Silvia Maria Braga da Silva, tesoureira.
Durante a entrevista, Ediberto explicou que o prazo de comando da Junta Governativa está expirado e não se tem conhecimento de que a Justiça tenha prorrogado os poderes da Junta sobre a entidade pesqueira.
Ainda de acordo com Ediberto Oliveira, a presidente Andreia Souza, estaria usando de má fé, tentado realizar uma eleição fraudulenta, impedindo que outras chapas se inscrevam, para favorecer a própria chapa, que ficaria como única a concorrer. Além disso, o presidente afastado afirmou que Andreia tenta ludibriar os pescadores ligados à Colônia, prometendo a entrega de quatro parcelas do seguro defeso este ano.
Durante todo dia, nesta 
segunda-feira (23), pescadores estiveram levando documentos para a sede da
Colônia para se cadastrarem parao recebimento do polêmico Seguro Defeso
 de 2015.
Durante todo dia, nesta segunda-feira (23), pescadores estiveram levando documentos para a sede da Colônia para se cadastrarem para o recebimento do polêmico Seguro Defeso de 2015. 
FALSO SEGURO DEFESO?
“Fui ao IBAMA e por lá não consta nenhuma Instrução Normativa
 regulamentando  o pagamento do seguro defeso aos pescadores de 
Raposa para 2015. A Instrução Normativa que conseguimos com a ajuda
 do saudoso Raimundo Assub, valeu de 2012 até 2014”, disse.
Para Ediberto, Andreia Souza, está tentando iludir os pescadores, para 
que assim, com a promessa do seguro, agora em 2015, possa garantir votos
 de cabresto para sua chapa.
Um deputado estadual, ligado à pesca, estaria por trás de todas 
as irregularidades cometidas contra a antiga diretoria da Colônia.
O ex-presidente Ediberto Oliveira afirma que tem prova de todas as 
acusações e desafia a atual diretoria da entidade a processá-lo.
A produção do programa do Udes Filho tentou ouvir a versão dos 
 atuais administradores da Colônia de Pescadores da Raposa, mas 
até o fechamento desta matéria ninguém foi localizado para tratar 
sobre o assunto.

Fonte o Quarto Poder
Lista tem por base os gestores que estavam à frente dos municípios no período de 2009 a 2012, período investigado pela Seic e Gaeco

Lista conjunta da Seic e Gaeco, divulgava pelo Atual7 no último dia 12, aponta o envolvimento de 41 prefeituras com a máfia da agiotagem no Maranhão
A UM PASSO DO XADREZ - Lista conjunta da Seic e Gaeco, divulgava pelo Atual7 no último dia 12, aponta o envolvimento de 41 prefeituras com a máfia da agiotagem no Maranhão
Levantamento feito pelo Atual7 com base em dados obtidos no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão revela quem são os 41 prefeitos e ex-prefeitos do Maranhão investigados pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público (MP) Estadual por participação no esquema milionário de agiotagem no estado.
A lista tem por base os gestores que estavam à frente dos municípios no período de 2009 a 2012, o mesmo investigado pela Seic e pela Gaeco. Além de desviar as verbas da merenda escolar, medicamentos e programas federais, o esquema criminoso vitimou, em 2012, o jornalista Décio Sá, executado à tiros, por denunciar a atuação das quadrilhas de agiotas nos cofres das prefeituras maranhenses.

Entre os investigados, destacam-se o atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Humberto Coutinho (PDT), e o deputado federal João Castelo (PSDB).

Ex-prefeito de Caxias, a suposta ligação de Coutinho com o esquema teria sido por meio de um juiz da Comarca de Caxias, flagrado pela Polícia Federal - que também investiga a agiotagem no estado - em uma negociação de pagamento dos juros de uma dívida com o empresário Eduardo DP, filho da ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Costa, também incluída na lista da agiotagem da Seic e da Gaeco. Já a suposta participação do ex-prefeito de São Luís no esquema teria sido por meio de um contrato de mais de R$ 600 mil entre a gestão do tucano e a Gran Vitória Comércio e Transporte Logística Ltda, empresa fantasma controlada pelo empresário Fábio Brasil, morto em abril de 2012, 20 dias antes do assassinato de Sá, pela mesma quadrilha de agiotas.

Há duas semanas, o Atual7 já havia revelado a lista das prefeituras envolvidas com os quadrilheiros, e a determinação do governador Flávio Dino (PCdoB) para que o inquérito, engavetado em 2013 pela ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), fosse reaberto esta semana, com a disponibilização de sala aos policiais, com computadores, armamento e toda a estrutura para investigar a máfia.

Abaixo, os nomes dos 41 prefeitos e ex-prefeitos maranhenses que estão sendo investigados e podem ter expedidos em seu desfavor um mandado de prisão preventiva a qualquer momento - com exceção de Castelo, que agora eleito para a Câmara dos Deputados só pode ser preso após o processo ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF):

1 – Sebastião Lopes Monteiro (Apicum­-Açu)
2­ – Leão Santos Neto (Arari)
3 – Raimundo Nonato Lisboa (Bacabal)
4 – José Farias de Castro­ (Brejo)
5 ­– Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió)
6 – José Haroldo Fonseca Carvalho­ (Cândido Mendes)
7 – José Martinho dos Santos Barros­ (Cantanhede)
8 – Humberto Ivar Araújo Coutinho­ (Caxias)
9 – Soliney de Sousa e Silva ­(Coelho Neto)
10 – José ­Francisco Pestana (Cururupu)
11 – Maria Arlene Barros Costa­ (Dom Pedro)
12 – ­Raimundo Almeida (Lago Verde)
13 – Jorge Eduardo Gonçalves de Melo­ (Lagoa Grande)
14 ­–João Cândido Carvalho Neto (Magalhães de Almeida)
15 ­– Manoel Edvan Oliveira da Costa (Marajá do Sena)
16 ­– Joacy de Andrade Barros (Mirador)
17 – José Lourenço Bonfim Júnior­ (Miranda do Norte)
18 –­ Ivaldo Almeida Ferreira (Mirinzal)
19 – Iara Quaresma do Vale Rodrigues (Nina Rodrigues)
20 –­ Glorismar Rosa Venancio (Paço do Lumiar)
21 – Enoque Ferreira Mota Neto (Pastos Bons)
22 – Tancledo Lima Araújo (Paulo Ramos)
23 –­ Maria José Gama Alhadef (Penalva)
24 –­ Henrique Caldeira Salgado (Pindaré Mirim)
25 ­– José Arlindo Silva Sousa (Pinheiro)
26 – Marconi Bimba Carvalho de Aquino (Rosário)
27 ­– Márcio Leandro Antezana Rodrigues (Santa Luzia)
28 – José Nilton Marreiros Ferraz (Santa Luzia do Paruá)
29 – Sebastião Fernandes Barros (São Domingos do Azeitão)
30 – Kleber Alves de Andrade (São Domingos do Maranhão)
31 – Alexandre Araújo dos Santos­ (São Francisco do Brejão)
32 – Luiza Moura ­da Silva Rocha (São João do Sóter)
33 – João Castelo Ribeiro Gonçalves (São Luís)
34 –­ Leocádio Olímpio Rodrigues (Serrano do Maranhão)
35 –­ Juvenal Leita de Oliveira (Sucupira do Riachão)
36 ­– Maria do Socorro Almeida Waquim (Timon)
37 –­ Domingos Sávio Fonseca Silva (Turilândia)
38 – Raimundo Nonato Abraão Baquil­ (Tutoia)
39 – Abnadab Silveira Léda­ (Urbano Santos)
40 –­ Miguel Rodrigues Fernandes (Vargem Grande)
41 –­ Raimundo Nonato Sampaio (Zé Doca)

 PUBLICADO POR YURI ALMEIDA
Fonte Blog Neto Ferreira



Jorge Pavão, presidente do TCE.
Jorge Pavão, presidente do TCE.
Eleito presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) para o biênio 2015/16, o conselheiro João Jorge Jinkings Pavão, estaria cometendo escândalos para beneficiar familiares.
Pavão, antes de presidir a corte de Contas, teria promovido um acúmulo de imoralidades ao relatar contas de prefeitura que o filho possui contratos através do escritório de advocacia.
Mas, segundo documentos obtidos pelo Blog do Neto Ferreira, o grande escândalo aparece nos contratos da empresa de Luiz Raimundo Teixeira Lobato, cunhado do conselheiro presidente do TCE.
Raimundo Lobato irmão da ex-prefeita de Santa Helena, Helena Maria Lobato Pavão, casada com Jorge Pavão, vem operando alto com prefeituras que o cunhado relata as contas e, consecutivamente, aprova após apreciação. De fato, o conselheiro deveria se dá por impedido.
Em um dos contratos de cifras estratosféricas, a empresa emitiu nota de um mês (veja abaixo) de prestação de serviço para locação de maquinas como – por exemplo -, moto niveladora, pá carregadeira e retro escavadeira.
As ramificações da agraciada empresa de Lobato é extensa e possibilita um leque maior de contratos junto a prefeituras que passam a ser enxergadas pelo conselheiro com uma ótica diferente.
O escândalo onde parentes do presidente do TCE faturam com prefeituras que são aprovadas é apenas o primeiro de vários capítulos a serem revelados pelo Blog do Neto Ferreira.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015
Uma policial militar identificada como Dávila Rodrigues, da cidade de Pedrinhas,  Maranhão, teve fotos e um vídeo com imagens de momentos íntimos divulgados na internet, após vazarem através do aplicativo Whats App.
De acordo com a imprensa local, as imagens da jovem policial mantendo relações sexuais com um homem foram parar em sites de conteúdo adulto.
As informações da imprensa local ainda dão conta de que o comando da Polícia Militar do Maranhão investiga o caso.

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog